ZINE

17 de maio de 2019 ARTISTA EM DESTAQUE

Arte é extensão

Não existe barreira para a arte: com ela, o que é trivial pode se tornar extraordinário. Matheus Souto tem 26 anos, é formado em Direito e cursa Psicologia. O rio-grandense-do-norte tem a arte como extensão.

Matheus sempre teve apreço pela área – desde criança. Mas foi lá por volta de 2017, quando havia iniciado o curso de Psicologia, que descobriu que a paixão ia muito além de uma brincadeira de criança.

Ele começou no desenho, mas não sabia se era ali que queria permanecer. Sonhava em se aventurar na cor, trazer mais vida, procurar e experimentar novos estilos, estudar movimentos artísticos, artistas, técnicas, filosofias e explorar a imensidão de assuntos que permeavam a arte.

Durante esse percurso, ele conheceu a POSCA e, desde então, eles se tornaram parceiros inseparáveis. Para ele, elas proporcionaram praticidade, versatilidade e qualidade.

Matheus ainda está aberto a explorar o mundo da arte e descobrir novos gostos nesse caminho. Ele gosta de criar o que tem a ver com a expressão de emoções e sentimentos, com o que pode trazer algum tipo de reflexão e abraçar questões relacionadas à espiritualidade, e usa o processo criativo como uma conexão com o nosso íntimo.

Sua inspiração vem das leituras e estudos de Filosofa, Psicologia e Espiritualidade, do seu olhar para a natureza, humanidade e inconsistências do mundo, além de experiências pessoais. Como referência ele tem Van Gogh, Paul Klee, Warhol, Osgemeos, entre outros grandes nomes da arte mundial.

Matheus pretende continuar se aprimorando e se aprofundando no mundo das artes, fazendo dela o verdadeiro sentido da vida. Atualmente ele está se dedicando totalmente à arte, dividindo o seu tempo entre produzir trabalhos comissionados e criar livremente, a partir de ideias que surgem de emoções.

Para ele, a arte sempre esteve ali, escondida. O que faltava era espaço para ela emergir. Para conhecer mais sobre o trabalho dele, acesse o link: instagram.com/msouto.art.