ZINE

12 de setembro de 2018 ARTISTA EM DESTAQUE

Conexões

Kalina Juswiack não tira férias. Na verdade, férias é uma palavra bem distante do seu vocabulário desde que ela passou a viver e trabalhar com a sua arte. “A arte vive em mim, e sim, mesmo em dias mais tranquilos, respiro ela.”

Foi com o objetivo de conectar-se a si mesma e a sua família que Kaju agendou uma viagem à Austrália. Sua irmã mora no país e, em meio a uma conversa, surgiu a ideia de fazer conexões para que Kaju, de alguma maneira, levasse o seu trabalho à cidade. Uma semana se passou, ela adicionou contatos e conseguiu a oportunidade de fazer uma exposição na Sunset Gallery (uma galeria local). Alinhada com o momento da sua vida, ela criou um conceito e iniciou a produção das obras para o exterior.

Kaju diz que a sua arte é uma extensão do seu estilo de vida. “CUT THE TIES AND JUMP” foi uma exposição que refletiu um momento específico de sua vida: a conexão com a sua natureza individual, com o urbano, o real e o surreal, um momento de encontro com a sua intimidade e um chamado para viver tudo o que a vida pode nos proporcionar.

Um salto no desconhecido. Além da decisão de deixar arte invadir as suas férias, Kaju decidiu que estava na hora também de sair da zona de conforto. Se testar: até onde ela poderia ir? Em 2013 ela traçou as primeiras linhas de uma história de cinco anos no exterior. Errou, falhou, aprendeu e evoluiu. Hoje, de volta ao Brasil, ela celebra. Para ela, é uma sorte imensa poder deixar alguma marca na vida das pessoas, seja lá de qual parte do mundo for.

Se agora ela pensa em férias? Kaju quer distância disso. “Ideias surgem, movimentos transformam, linhas não traçadas e volto sim para o Brasil. Mais descansada, mais leve, segura, preparada e transformada”. A arte ganhou um novo significado. Um novo momento está surgindo e ela se sente muito grata por tudo.

“Nos conhecendo bem, desenvolvendo as habilidades e capacidades presentes e complementando com outras necessárias, como a dedicação e foco, podemos chegar onde queremos. E eu escolho sim, todos os dias, viver bem (d)a minha arte. Vivi até aqui, vivi nesta viagem, e vivo todos os dias.” Para saber mais sobre o trabalho de Kaju, acesse seu Instagram.