ZINE

7 de junho de 2019 ARTISTA EM DESTAQUE

Da hiperatividade à criação

Victor Nocivo tem 31 anos, é ilustrador e trabalha na área da moda há uns 13 anos. Mais conhecido como Stain, ele anda de mãos dadas com a arte desde a infância, é fascinado pelas capas de filme de terror trash e, como ele mesmo diz, é má influencer.

Criança hiperativa, Victor não conseguia ficar parado. Com desvio de atenção, os seus cadernos escolares tinham mais desenhos do que matérias e era durante as aulas que ele soltava sua imaginação. Ele lembra que, quando era novinho, escolhia discos e CD’s pelas capas, sem saber ao certo de qual banda se tratava. Ao chegar em casa, a meta era reproduzir os desenhos no papel.

A coisa com a arte ficou mais séria na transição de 18 para 19 anos, quando ele começou a desenvolver estampas para marcas de skate e surf. Para ele, tudo foi muito natural.

Victor tem a tendência em ver beleza em coisas feias, agressivas e que causam algum tipo de inquietação visual. Suas inspirações vêm de Pushead, H. R. Giger e no skate Jim Phillips, que sempre foi referência pra Victor.

Hoje, ele trabalha com desenvolvimento de produto e ilustração e, junto com um amigo, comanda uma marca de roupas, a Stain, que é também um espaço colaborativo para vários artistas e bandas. Mas o seu trabalho não termina na ilustração: Victor tem uma banda, a I Am Hell.

Para saber mais sobre o artista, acesse: instagram.com/victor_stain.