ZINE

19 de junho de 2019 ARTISTA EM DESTAQUE

De tudo um muito

Viver de arte é uma missão pesada, mas Pedro Rocha, de 25 anos, abraça a tarefa. Inquieto e enigmático, ele se aventura pela selva de pedra e, dentro ou fora dela, mergulha em todas as formas de arte.

Nascido em Santos, litoral sul de SP, Pedro é formado em Cinema, trabalha com tudo que envolve arte – do breakdance até a poesia – e encara o mundo que lhe foi dado. Apesar de ter se lançado no mundo artístico com a fotografia, em 2013, foi rabiscando que ele deu os seus primeiros passos na missão.

É pela arte que Pedro se mostra, compartilha suas vivências, entrega os seus sentimentos e então se refaz. Suas inspirações vêm de todo lugar: algo que comeu no café da manhã, uma música ou até mesmo do perfume de um estranho com quem cruzou por aí.

A POSCA surgiu na vida do artista como um convite para continuar vivendo da sua arte, literalmente. Nesse reencontro com os seus rabiscos, os marcadores trouxeram a liberdade que ele precisava para criar sem limitações técnicas. A fluidez e a precisão dos marcadores permitem que as ideias dele deslizem pelas folhas.

Foto: Fabio Honda

Para Pedro, a arte está presente em todas as coisas e, com uma ventania no peito, ele segue na missão de se estruturar como artista. Sobre o futuro, ele pensa em muitas coisas, mas ser reconhecido como um artista plural é uma das principais. Para saber mais sobre o artista, acesse: instagram.com/mafuaurbano.

Foto: Fabio Honda