Paredes que contam histórias

A Caró é a caçula de uma família de 8 irmãos, todos músicos, assim como seus pais. Ela conta que enquanto eles tocavam, ela riscava o chão, paredes e até o teto se deixassem.
25008056_185767335336324_5361002084655169536_n
Formada em Psicologia e em Design, ela gosta de desenhar como quem escreve. E de escrever como quem desenha. “Publiquei até um livro ano passado em Portugal, só de letras. Fiquei com vontade de escrever um livro agora só de figuras. Precisava de histórias, portanto. E eu amo as histórias dos outros”, conta.
25005935_2024108037860683_2087238115969204224_n
O projeto “Casas Ilustradas”, criado por ela, parte da ideia de contar a história dos moradores da casa para a parede. Como se as paredes, além de ouvidos, tivessem coração, pulmão, vida. Como se as paredes fossem página de um livro que aquela família constrói. “A gente precisa morar dentro das histórias que criamos. Nem que isso implique em mudança, né? É isso que quero contar”, explica.
25011771_1930568203938388_575285258409213952_n
Para o futuro, a Caró fará mestrado em Ludoterapia, tratamento que se vale de jogos e contação de histórias, tanto para adultos quanto para crianças. E, além das Casas Ilustradas, ela está montando uma editora com foco nas famílias em suas múltiplas e maravilhosas formas, com livros e histórias que convidam todos a participarem e tecerem boas histórias juntos.
24845973_385548885216868_2862953134257340416_n
Quer conhecer mais sobre o trabalho dela? Acesse: