ZINE

14 de agosto de 2018 ARTISTA EM DESTAQUE

Sobre rodas

Diego Fiorese tem 31 anos, é brasileiro e italiano, skatista profissional e vive há dez anos em Copenhagen, Dinamarca.

Diego usa o skate como ferramenta de transformação e conexão entre as pessoas. No comando do “Skate Feliz”, ele cuida do projeto que se destina a crianças do Brasil e do mundo e vai além do esporte. O objetivo é conectar as pessoas as suas almas, ao mundo, à natureza e entre elas.

posca-blog-diego-fiorese-01

Nas aulas com as crianças, ele utiliza as canetas POSCA. Diego pede a elas que escrevam mensagens para os pais, sonhos que poderão realizar em cinco anos e desenhos para que, quando estiverem andando de skate e olhando para baixo, se lembrem de coisas positivas. Tudo com o propósito de celebrar o lado bom da vida.

posca-blog-diego-fiorese-04

Paralelo a esse projeto, Diego está produzindo uma série sobre a Amazônia, na qual recicla shapes usados e faz a arte na lixa. A série terá o total de vinte shapes (ele está no número 9) e contará com uma exposição em Copenhagen, em Praga (República Tcheca) e uma no Brasil. Após as exposições, as artes serão vendidas e o dinheiro será revertido em investimentos para o Skate Feliz na cidade onde ele nasceu, Várzea Paulista (interior de São Paulo).

posca-blog-diego-fiorese-03

Ele não tem restrição em relação ao tipo de material que utiliza. Sempre carrega algo na bolsa, pois quando bate a inspiração ele curte criar algo inusitado.Para sabe mais sobre o projeto e sobre o artista, acesse: https://www.instagram.com/diegofioreseskt/?hl=pt-br