SOMA: expressão cyberpunk e afro-futurista

Carioca residente de São Paulo, especialista em design editorial, professor de diagramação e artista visual, o Alexandre Soma surpreende a cada criação.

Já atuou na criação de importantes projetos gráficos da Zupi Editora, venceu concursos como o Levi’s Be Original e o Motomix, participou da mostra coletiva internacional TROYART, no MuBE (Museu da Casa Brasileira), e foi o único artista no Live Painting do projeto IBM SMART CAMP BRAZIL (onde pôde conhecer o criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa!), realizou um mural com arte e tipografia na galeria Ornitorrinco, participou da ação Rayban Unboxing, quando customizou uma caixa especial para a marca com seu trabalho de colagem manual.

E, se todo esse currículo não for suficiente pra te convencer o quanto ele é fera, as artes dele falam por elas mesmas.

 

Atualmente, ele se debruçou em um projeto de arte visual cyberpunk e afro-futurista, o “Soma”, em que a arte é resultado de sua vivência pessoal de misturas étnicas, do DNA brasileiro, da junção do científico com o mítico; tudo para desenvolver sua expressão em técnicas manuais e digitais tendo a colagem como norte e as POSCA como ferramentas.

Acompanhe os trabalhos dele por aqui:

Instagram
YouTube
Portfólio
Twitter
Facebook